AFINAL, O QUE SÃO OS “AVOS” DAS FRAÇÕES?

Se você é um daqueles que, nos tempos da escola, e mesmo agora, “empaca” na hora de ler frações como 1/16, saiba que não está sozinho no mundo. Pouca gente lembra e às vezes nem sabe a maneira correta de ler, que é: um dezesseis avos.

“Avos” – a palavrinha maldita – é um substantivo masculino usado na leitura das frações com denominador maior que 10 e designa cada uma das partes iguais em que foi dividida a uni­dade. Quando temos frações cujo denominador é abaixo de 10, usamos os algarismos ordinais para a leitura, como um meio em 1/2, dois terços em 2/3, três sétimos em 3/7 e assim por diante. Mas quando o denominador é maior do que dez, passamos a usar “avos”. Assim, temos um décimo (1/10), mas três doze avos (3/12), que seria o mesmo que três duodécimos.

Mas a pergunta que não quer calar: por que acima de 10 os números devem ser nomeados com a palavra avos?

Origens no Egito Antigo

Uma das explicações históricas nos leva ao Egito Antigo, onde os geômetras dos faraós desen¬volveram o método fracionário para realizar a marcação das terras que ficavam às margens do rio Nilo. Com as frequentes cheias do rio, as dificuldades para medir as terras da população levaram os especialistas a criar uma marcação com cordas que era uma espécie de medida. As pessoas esticavam as cordas e verificavam quantas vezes aquela unidade de medida estava contida nos lados do terreno. Mas raramente as medidas eram exatas. Sendo assim, os geôme¬tras criaram um novo tipo de número, o número fracionário, onde eles utilizavam as frações. A medida era dividida em quantas partes fosse necessário para determinar com exatidão a marcação das terras.

A dificuldade em dividir as medidas em partes ímpares criou a analogia com “oitavos”, que originou o termo “avos”. Ao dividir 1 pela metade, temos um meio (1/2), dividindo um meio pela metade, um quarto (1/4), e dividindo um quarto pela metade temos um oitavo (1/8). Deste ponto em diante, ao precisarem de partes menores que isso, dividindo um oitavo pela metade, os egípcios criaram a analogia com a expressão “oitavos” que resultou no termo “avos” para indicar alíquota, parte. Assim, surgiu “um dezesseis avos” (1/16), a partir de uma necessidade de maior precisão nas divisões fracionadas. Desde então, se usa o termo “avos” nas frações com denominadores acima de 10.

Tudo por causa de uma pizza!

Dividir uma pizza em oito pedaços iguais é mais fácil do que em sete, correto? O objeto mate¬mático denominado “fração” surgiu exatamente para resolver estas e outras confusões na divisão de elementos que são partes de um conjunto inteiro.

Assim, as partes inteiras, ou seja, a pizza inteira, são representadas na matemática pelos números naturais (1, 2, 3, 4, 5…). Os pedaços da pizza, ou os números que não representam partes inteiras, são os números racionais não-negativos, ou frações. Os números que formam as frações são chamados numerador e denominador, separados por uma linha horizontal. O primeiro indica quantas partes são tomadas do número inteiro e o segundo indica em quantas partes dividimos o inteiro, sendo que este número deve ser diferente de zero.

Como fazer a leitura?

Para ler um número fracionário, lemos primeiro o numerador e em seguida o denominador. Este último utiliza o termo avos acima de 10 e quando não for 100 ou 1000, conforme a tabela abaixo:

11

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe

3 thoughts on “AFINAL, O QUE SÃO OS “AVOS” DAS FRAÇÕES?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *