main

Universo Gedore

Gedore vence Prêmio Interação da Mercedes-Benz

7 de abril de 2017 — por AlfaBeta Comunicação

A Gedore foi anunciada como uma das vencedoras na 25ª edição do Prêmio Interação da Mercedes-Benz, na categoria Excelência em Material Indireto/Serviço. A parceria entre as duas gigantes de mercado já dura 22 anos. Agora, a fabricante de ferramentas ganhou destaque pelo trabalho em conjunto realizado em 2016 para unificação das bolsas de ferramentas dos caminhões das linhas Axor, Atron e Atego.

O prêmio reconhece os fornecedores que mais se destacaram em 2016 por sua inovação tecnológica, excelência em custos, qualidade, logística, material indireto e serviços.

“Com apoio dos fornecedores, entregamos produtos ainda melhores e mais adequados às necessidades de clientes no Brasil e em outros países. Agradeço a dedicação e empenho de nossos parceiros em cada projeto”, afirmou o presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina Philipp Schiemer ao anunciar os vencedores.

Para o diretor de Compras da Mercedes-Benz do Brasil, Erodes Berbetz, o prêmio tem um significado cada vez mais importante. “Não se trata apenas de um troféu na mesa ou um quadro na parede. Ele efetivamente reconhece o envolvimento e o comprometimento dos nossos fornecedores na busca pelos mesmos padrões de eficiência, qualidade, custos, logística, inovação e outros aspectos.”

O projeto
O projeto vencedor da Gedore teve início em janeiro de 2016. Coordenado por Luis Bertels e Vanderley Rezende, da área comercial, o desenvolvimento teve à frente os profissionais Gilnei Bianchini, da engenharia, e Audrei Batista, também do departamento comercial.

“Trata-se de um projeto de racionalização de kits de ferramentas para os caminhões AXOR, Atego e Atron. Por meio dele, quatro kits de ferramentas foram unificados, gerando uma simplificação na gestão logística do produto em sua linha de montagem”, explica Bertels.

Foram oito meses de trabalho, produção de amostras e protótipos, interação com as áreas de compras e produção, até chegar ao resultado final.  O projeto, segundo Bertels, gerou uma economia de 20% ao ano para a Mercedes-Benz do Brasil.

Compartilhe

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *