main

Organização e Manutenção GedoreUse Certo

Soquetes de impacto – Cuidados importantes

10 de outubro de 2016 — by Ferramentas Gedore

cards_setembro-59

Fabricados em aço-liga especial de alta resistência mecânica, os soquetes de impacto Gedore são tratados termicamente a partir de equipamentos e processos de última geração. Suas dimensões estão baseadas na Norma DIN 3129, que especifica paredes robustas e encaixes concêntricos entre si. São indicados para trabalhos com máquinas pneumáticas, elétricas e multiplicadores de torque. O soquete de impacto requer necessariamente a utilização conjunta do pino e anel de segurança. A não observância desta orientação poderá expor o operador a acidentes.

Cuidados: 

• Manejar o soquete de acordo com o torque necessário para a realização do aperto ou desaperto, respeitando o limite máximo especificado;
• Observar a medida correta entre porca/parafuso e soquete evita o desgaste e a deformação das ferramentas;
• Utilizar somente acessórios de impacto;
• Não alterar as formas e dimensões gerais dos soquetes de impacto, pois, além de fragilizar o produto, provoca a perda da garantia;
• Não utilizar arames ou afins para prender o soquete no quadrado da máquina. Qualquer adaptação poderá resultar em acidente;
• Recomenda-se o uso do pino e anel de segurança originais Gedore, conforme a dimensão do soquete;
• Após o manuseio, aconselha-se a aplicação de uma fina camada de óleo protetivo para evitar oxidações.

Para sua segurança: 

Utilizar sempre pinos e anéis de segurança quando trabalhar com soquetes de impacto. Todo soquete de impacto possui furo passante para pino e rebaixo para o anel de segurança.

Organização e Manutenção GedoreUse Certo

Chaves de bater – dicas importantes

5 de outubro de 2016 — by Ferramentas Gedore

05.10.jpg

A Gedore desenvolveu chaves fixas e estrela especialmente projetadas para suportar as necessidades particulares da indústria pesada, com a alta qualidade e precisão exigidas. Na hora de apertar ou desapertar parafusos de grandes dimensões – geralmente utilizados em ambientes hostis, sujeitos à umidade e a grandes variações de temperatura – é necessário um grande esforço. As chaves de bater fazem esse trabalho pois, produzidas segundo as normas DIN 133 (chaves fixas) e DIN 7444 (chaves estrelas), permitem receber altos impactos para quebrar a inércia estabelecida nos parafusos. Abaixo, confira dicas importantes:

  • É importante ressaltar que esta chave deve receber golpes num maçalote localizado na extremidade do cabo, para que não sofra qualquer tipo de dano e não ofereça riscos ao operador.
  • Recomenda-se a utilização da chave estrela de bater sempre que possível, pois ela possui seis pontos de contato com o parafuso. Isso faz com que, ao receber o golpe, haja uma melhor distribuição da força aplicada sobre o parafuso. A chave fixa, por sua vez, é utilizada apenas quando não houver espaço físico para trabalhar com a chave estrela.
  • Para maior durabilidade e rendimento da ferramenta, é imprescindível limpá-la após o seu uso.
  • Os mercados petrolífero, siderúrgico e naval são os principais segmentos industriais de aplicação das chaves de bater.

Use Certo

Cuidados básicos para aumentar a vida útil dos alicates de corte

21 de setembro de 2016 — by Ferramentas Gedore

23.09.jpg

A Gedore indica alguns cuidados que te auxiliam a aumentar a vida útil dos alicates de corte:

  • Não expor os alicates a altas temperaturas, para evitar o risco de alteração da dureza e danificação dos cabos plásticos.
  • Nunca utilizar martelo para auxiliar no corte de algum material, pois o alicate foi projetado apenas para aplicação de força manual sobre os cabos.
  • Não cortar arames acima do especificado por norma.
  • Aplicar periodicamente um óleo lubrificante nas partes metálicas do alicate para proteger sua superfície.
  • Guardar o alicate em local limpo e seco.
  • Não inclinar (virar) o alicate no momento do corte, pois este procedimento pode ocasionar o lascamento do corte.
  • O isolamento elétrico dos alicates IOX, JC, ICP e VDE deve passar por uma revisão periódica para evitar acidentes.